E o sexo continua… Descobertas após lesão medular

A Lesão Medular leva a alterações orgânicas (do corpo) e/ou comportamentais (alteração da autoimagem, tabus, preconceitos), mas isso não significa o fim da sexualidade ou que não exista solução! As alterações sexuais dependem do tipo da lesão, fatores físicos, psíquicos e até sociais! O processo mental da função sexual é o mesmo antes e após a lesão. O desejo sexual, que é chamado de libido permanece! As alterações na movimentação do corpo, espasticidade, contraturas, perda do controle do intestino e da bexiga podem afetar a autoimagem e a capacidade de realização do ato sexual. As alterações nas vias nervosas leva a alteração nos padrões autonômicos da resposta sexual, que podem ser observadas no alcance e na manutenção da ereção, a ejaculação pode estar impedida ou tornar-se retrógrada e a sensação de orgasmo diminuída ou abolida. A diminuição ou ausência da sensibilidade na área genital contribui de maneira direta para a ocorrência dessas alterações. Em virtude do grande choque psicológico gerado pela lesão em função a mudanças na aparência e no funcionamento do corpo, o desejo sexual pode estar reprimido. Devido essas alterações é necessário a readaptação para a manutenção da atividade sexual.  O tratamento, muitas vezes é indicado alternativas para auxiliar a alcançar e manter uma ereção satisfatória. Vão desde métodos economicamente acessíveis e temporários até métodos mais caros e até definitivos. O método mais econômico é o anel peniano de borracha encontrado em lojas como sexshop com a finalidade de proporcionar maior prazer e prolongar a ereção masculina. Sua colocação é bem simples e deve ser feita quando o pênis estiver ereto, para que se obtenha o resultado esperado. O anel é colocado na base do pênis retendo o sangue nos corpos cavernosos e deve ser retirado por volta de 20 minutos, para não correr riscos de lesões. Por ser de material flexível, se adapta e se ajusta a diferentes tamanhos. Muitos homens apresentam alteração de sensibilidade, portanto deve-se ficar atento a lesões de pele ou no pênis ao usar o anel peniano e pessoas com mielomeningocele apresentam alergia ao látex e devem ficar atentos ao material que é fabricado o anel. Existem ainda as medicações, comprimidos que tem a finalidade de proporcionar a ereção! Toda medicação com essa finalidade deve ser orientado por um urologista devido risco de reações adversas como o priapismo (ereção que dura mais de três horas). Nesses casos é necessário ir com urgência a um hospital para retirada do sangue retido. A prótese peniana é o método definitivo e irreversível que é realizado através de procedimento cirúrgico que proporcionará ereção constante. Apesar de sua rigidez, ela possui uma maleabilidade, para que o pênis fique posicionado de acordo com as necessidades. Geralmente ela é fabricada com uma parte interna metálica maleável, ou inflável, que proporcionará a ereção de acordo com o comando da pessoa através onde um líquido será bombeado para as próteses, gerando a ereção. A vida sexual é determinante na qualidade de vida da pessoa com lesão medular e não pode ser esquecida. A pessoa com lesão medular tem condições de manter uma vida sexual que traga satisfação plena para si e para sua parceira, para isso é imprescindível que você acredite nas suas potencialidades físicas, afetivas e emocionais para assim poder reinventar e redescobrir sua sexualidade! Em caso de dúvidas procure um enfermeiro de reabilitação ou um médico especializado! Bibiliografia: Barbosa VRC. A vivência da sexualidade de homens com lesão medular adquirida [dissertação]. São Paulo: Universidade de São Paulo; 2003. COSTA, Bianca Teixeira et al. O perfil e as adaptações sexuais de homens após a lesão medular. Acta Fisiátrica, São Paulo, v. 21, n. 4, p. 177-182, dec. 2014. ISSN 2317-0190. Disponível em: <http://www.revistas.usp.br/actafisiatrica/article/view/103867>. Acesso em: 20 july 2018. doi:http://dx.doi.org/10.5935/0104-7795.20140035.

Última modificação :

4 thoughts on “E o sexo continua… Descobertas após lesão medular

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content