COVID-19 : Instituto Butantan faz parceria com empresa chinesa para teste de vacina

O Instituto Butatan ligado à Secretaria do Estado de Saúde de São Paulo em parceria com a empresa chinesa Sinovac de Pequim está no epicentro da testagem da vacina para o novo coronavírus com mais de 9 mil voluntários para confirmar a eficácia.

A vacina contém o vírus inativado e teve seu desenvolvimento na China. Em relação a testagem, foi realizada a fase 1 com 144 voluntários e após, a fase 2, com 600 volunários em processo de acompanhamento. A fase 3, a qual possui parceria com o Instituto Butantan, envolve um grande número de pessoas para comprovar sua eficácia.

Os testes realizados em animais indicam boa reposta protetora para o COVID-19, no entanto, os pesquisadores ressaltam que apenas a testagem em humanos poderá comprovar esta afirmação.

A vacina em desenvolvimento possui cópias do sars-cov-2 desativadas em laboratório, cultivado em células in vitro com substâncias adjuvantes que potencializam o sistema de resposta imunológica.

Esta técnica permite que o organismo ao entrar em contato com o vírus inativado, crie anticorpos para combate-lo, para que caso a pessoa entre em contato com o vírus futuramente, seu sistema imunológico já terá anticorpos produzidos para eliminá-lo, evitando que a doença se desenvolva.

Após os testes clínicos, se for aprovada quanto a proteção para o novo coronavírus, a vacina começará ser produzida e disponível gratuitamente no Brasil.

Fonte: Jornal da USP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content